Como montar um currículo de TI atrativo? Parte I

A área de TI — Tecnologia da Informação — é um segmento que cresce de forma exponencial no Brasil. Já é considerada como uma das áreas de atuação mais promissoras do mercado nacional. Por isso, criar um currículo de TI atrativo pode ser o grande diferencial para ingressar neste mercado e conseguir a vaga tão desejada.

Segundo a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), o setor, que representa 8% do PIB brasileiro, deve ultrapassar 10% até 2022. Por isso, ao que tudo indica, a crise passou longe do segmento de TI.

Além disso, determinadas áreas, como Segurança da Informação e Implantação de Sistemas Transacionais, são duas das diversas áreas consideradas estratégicas e essenciais em todas as organizações.

No entanto, mesmo diante de tantas oportunidades de trabalho, ainda existem muitos profissionais de fora. As razões para essa situação podem ser: a falta de certificações, inexperiência e até mesmo um currículo mal elaborado.

Para os profissionais recém-formados ou prestes a se graduar, saber elaborar um bom currículo de TI, sendo honesto com as suas qualificações e habilidades, pode ser a melhor forma para garantir sua colocação no mercado de trabalho.

Para ajudá-lo no momento de criação do currículo profissional de TI, dividimos este artigo em duas partes: a primeira sobre quais informações colocar no seu currículo e a segunda sobre design, layout e formatação.

Neste artigo você encontra 7 dicas sobre quais informações são necessárias e relevantes para colocar no seu currículo de TI. Boa leitura!

Você gostaria de ter uma carreira de sucesso em TI, com ganhos médios de R$ 18 mil por mês? Então baixe o eBook Empregabilidade e Sucesso em TI e descubra como!

Insira os dados para contato no início do currículo

A primeira dica parece óbvia, mas é sempre importante relembrar: os seus dados de contato devem estar sempre no início do currículo. Isso porque não adianta ter experiências e habilidades incríveis se o selecionador não conseguir contatá-lo após pegar o seu currículo.

Veja o exemplo na imagem abaixo:

modelo de curriculo ti

Fonte: https://br.pinterest.com/pin/836473330763336293/

Certifique-se ainda de manter os seus dados sempre atualizados para facilitar um futuro contato. Isso tanto dos números telefônicos quanto endereços de e-mail, certo?

Lembre-se também que o endereço de e-mail utilizado deve ser profissional. Evite o uso de e-mails pessoais, como aqueles que possuem apelidos. Opte por endereços que possuam o seu nome e sobrenome, por exemplo.

Verifique os seus e-mails periodicamente, ao menos duas vezes na semana, incluindo a caixa de spam. Ótimos candidatos às vezes perdem chances de trabalho por não visualizarem mensagens enviadas pelos selecionadores. Por isso, esteja sempre atento.

Detalhe as suas experiências

Caso você já tenha experiências anteriores em outras empresas é importante descrever detalhadamente a sua função e contribuição. Por exemplo:

“Contribuí com o setor de contas a pagar, eliminando erros nas cobranças que estavam calculando juros a menos para títulos atrasados, isso por conta da má configuração/parametrização do sistema”.

Além disso, você deve também ressaltar quais foram os resultados obtidos a partir dessa ação.

Lembre-se que tudo é baseado na sua experiência, independente da área. Sempre é importante destacar como a sua contribuição ajudou a empresa a obter algum resultado positivo.

Formação acadêmica e projetos relacionados

Caso você não possua experiência profissional na área é necessário destacar outros projetos e atividades, que não deixam de ser experiências vividas.

Por isso, foque na sua formação acadêmica e em projetos e trabalhos voluntários que realizou durante o período. Aliás, procure fazer parte de tais projetos para posteriormente incluí-los como experiências.

É muito importante que os formandos, não só possam, mas também devam participar ativamente dos projetos da instituição de ensino a qual pertencem. Com isso, poderão adicionar essas tarefas em seu currículo bem como os resultados obtidos em tais projetos.

Os formandos devem participar ativamente e de forma engajada dos projetos oferecidos pela Instituição de Ensino a qual pertencem. Esse compromisso, poderá agregar grande valor à sua carreira profissional e ao seu currículo de TI.

Assim, você sentirá que essas atividades trouxeram grande conhecimento na área e que contribuíram na sua formação profissional, deixando-o mais preparado para a primeira experiência no mercado de trabalho.

Especifique o seu objetivo profissional

Para os profissionais que já possuem experiência, na hora de montar um currículo de TI o ideal é citar apenas um objetivo profissional, incluindo cargo e área de interesse. Isso mostrará que o profissional tem foco em sua carreira e que possui mais afinidade com uma área em específico dentro da TI.

Para os profissionais recém-formados, não é recomendado especificar o cargo desejado por não possuírem uma atuação profissional definida por completo. Dessa forma, o ideal para esse candidato é deixar o cargo em aberto, colocando apenas a sua área de interesse, por exemplo: “Objetivo profissional: Área de TI”.

Para os recém-formados que possuem dúvidas sobre qual área deseja atuar dentro do TI ou ainda para aqueles que não tem um objetivo profissional definido, podem recorrer ao apoio profissional de um coach de carreira.

Há coaches especializados em carreira de TI. Assim, por meio das técnicas aplicadas, o profissional pode ajudá-lo a encontrar a área que você mais se identifica e que mais terá sucesso.

Inclua os cursos e certificações mais importantes

Na hora de elaborar o currículo de TI, o ideal é que você inclua somente os cursos e certificações mais recentes e que sejam mais relevantes ao cargo pretendido em questão.

Um ponto importante é buscar cursos e formações práticas, que insiram o estudante na rotina de trabalho profissional. O conhecimento técnico adquirido é um requisito muito importante e deve ser destacado no currículo de informática.

Isso inclui conhecimento nas operações sistêmicas que vai implementar, entre outros, compras, estoque, faturamento, noções sobre bancos de dados, linguagem SQL, noções sobre infraestrutura de redes e sistema operacional.

As habilidades comportamentais são determinantes também. Como saber relacionar-se em grupo, ter empatia, solucionar conflitos, entre outras características essenciais para um bom ambiente de trabalho.

Aliar as competências técnicas com as habilidades comportamentais é fundamental. Na área de TI, a graduação não é tudo, ou não se aplica tudo o que o profissional deve saber. Por isso, muitas vezes o profissional é muito competente, mas possui outras certificações relevantes que também devem ser citadas no currículo de TI.

Nas Academias ERP e RH Essencial, por exemplo, o aluno não faz somente um curso. São realizadas atividades que o inserem no contexto de consultor. Essas atividades fazem com que o mesmo vivencie alguns desafios diários enfrentados por profissionais da área, preparando-o assim, para o mercado de trabalho.

Pense no peso que essas formações teriam em seu currículo profissional de TI na hora de ser escolhido para uma vaga.

Destaque suas habilidades

Se você é recém-formado e não possui experiência na área de TI, aqui vão algumas dicas:

  • dedique uma parte do seu currículo para mencionar apenas as suas habilidades e competências;
  • Destaque sistemas e ferramentas que você domina;
  • Habilidades com linguagens técnicas, programação e demais conhecimentos relevantes relacionados à área de atuação.

Faça uma biografia no início do currículo

O diferencial no seu currículo de TI pode ser a criação de uma rápida biografia. Conte sobre o início do seu gosto por tecnologia e quando se sentiu atraído por esse mercado.

Procure falar também sobre a sua paixão por tecnologia, porque escolheu a área e como decidiu ganhar dinheiro com TI.

Por fim, vale mais algumas dicas do que não fazer na hora de criar um currículo de TI:

  • Evite fazer um currículo muito longo, limite-se, no máximo, a duas páginas;
  • Tenha cuidado com erros de português. Se necessário, passe o seu currículo em um corretor ortográfico;
  • Não insira desenhos e margens;
  • Documentos pessoais como RG e CPF não devem estar no currículo.

Elaborar um currículo de TI é parte fundamental, tanto para quem busca a primeira experiência na área, ou para quem está se recolocando no mercado em busca de crescimento.

Não existem dicas milagrosas para o currículo profissional de TI perfeito. Por outro lado, há diversos modelos de currículos por aí e todos podem ser muito bons.

Existem maneiras e formas diferentes de montar um currículo que pode ser o diferencial para conseguir a vaga desejada.

O importante mesmo é ser honesto e colocar informações relevantes e necessárias no currículo. Esteja preparado para falar sobre si e sobre as suas habilidades em caso de uma entrevista.

Também é importante que, mais do que caprichar na montagem do currículo, você capriche na sua formação profissional na área de TI!

Com essas dicas com certeza você conseguirá montar um currículo de TI muito mais atrativo, não é mesmo?

Aproveite a leitura e baixe agora mesmo o e-book Empregabilidade e Sucesso em TI e descubra como construir uma carreira de sucesso e ganhar até R$18 mil por mês!

Deixe uma resposta